Máquina do Tempo

As Primeiras Damas #22 (e #24) Frances Clara Folsom Cleveland Preston
21/7/1864 – 29/10/1947

 

Entrou na Casa Branca para se casar com o Presidente Grover Cleveland com 21 anos. Ainda hoje continua a ser a mais jovem Primeira Dama de todos os tempos.

Foi a única criança do casal Emma e Oscar Folsom a sobreviver à infância. Grover Cleveland era um amigo de longa data de Oscar e por isso conhecia Frances desde criança, brincando com ela e oferecendo-lhe presentes.

Oscar morreu quando a filha tinha 11 anos e Cleveland foi nomeado por um tribunal administrador dos bens da família e, de certo modo, tutor dos estudos dela, encaminhando-a pelo liceu.

Cleveland propôs-se a Frances por carta em 1885 (ela tinha acabado de fazer 21 anos e ele tinha mais 28) e casaram-se no ano seguinte, já com ele na Casa Branca – foi o primeiro e único casamento presidencial ali realizado e Cleveland seguiu uma jornada de trabalho quase normal antes de uma cerimónia breve e sem muita gente na Sala Azul, mas com música de John Philip Sousa e da Banda da Armada. Foram cinco dias de lua de mel.

Rose Cleveland tinha feito as vezes de Primeira Dama durante os primeiros 15 meses do mandato do irmão, Frances tornou-se uma anfitriã animada, organizando jantares e recepções. Quando o marido perdeu a recandidatura, ela terá dito a um mordomo que cuidassem bem da Casa Branca porque os Cleveland regressariam passados quatro anos. Tinha razão.

Frances foi também a primeira mulher de um Presidente a ter um filho na Casa Branca. Foi Ruth, que morreria de difteria em 1904, com 12 anos. Seguiram-se, em 1893, 1895, 1897 e 1903, mais duas raparigas e dois rapazes.

Quando o marido morreu, o filho mais novo, Francis, tinha cinco anos. Passados outros cinco anos, ela, com 48 anos, voltou a casa, com Thomas Preston, um professor de arqueologia (e tornou-se também a primeira viúva de um presidente que voltou a casar). Mas depois de morrer, em 1947, foi enterrada em Princeton ao lado do primeiro marido, o Presidente Cleveland.