Actualidade

Baldwin e Donald Trump em troca de acusações no Twitter

A imitação do actor norte-americano teve direito a resposta do Presidente eleito dos Estados Unidos da América

Alec Baldwin voltou a imitar Donald Trump no programa Saturday Night Live e o Presidente eleito respondeu às acusações. Em personagem, Trump pesquisa o que é Estado Islâmico no Google e discute temas polémicos como o muro que quer construir na fronteira com o México, a deportação de imigrantes ilegais ou o programa Obamacare.

Este sketch, exibido no sábado, deu origem a uma troca de comentários no Twitter entre o actor e o próprio Presidente. Donald Trump assumiu que viu partes do programa e considerou que não teve “piada nenhuma”. Ainda na mesma publicação, o Presidente dos EUA questionou sobre o tempo de antena dedicado a cada um.

Baldwin não resistiu e decidiu responder a Trump: “A eleição já acabou, já não há igualdade. Agora é você a tentar ser presidente e o povo a responder”. E prosseguiu, enumerando as medidas que tomaria se fosse Presidente. “Melhorar a vida dos americanos”, “criar emprego”, “melhorar a reputação internacional”, são apenas algumas das ideias do comediante. E por fim, arrisca: “se quiser mais conselhos, ligue-me”.

Esta não é a primeira vez que o multimilionário se insurge contra o programa do comediante. Durante as eleições, depois do segundo debate com Hillary Clinton, Trump recorreu mais uma vez ao Twitter para apelar ao fim do programa “chato e sem graça”.