Actualidade

Acção de Graças: Trump “reza” pelo fim das divisões nos EUA

"Rezo para que nesta festa de Acção de Graças comecemos a acalmar as nossas divisões e sigamos em frente como um país unido, forte, com um projecto comum e uma vontade verdadeiramente comum", disse no discurso do feriado de Acção de Graças

União e esperança. Estas são as palavras-chave do discurso de Acção de Graças do presidente eleito dos EUA Donald Trump. Num vídeo divulgado na véspera do mais popular feriado do país, que se celebra esta quinta-feira, Trump apelou aos norte-americanos para se unirem após uma “longa e dolorosa campanha” eleitoral.

“Rezo para que nesta festa de Acção de Graças comecemos a acalmar as nossas divisões e sigamos em frente como um país unido, forte, com um projecto comum e uma vontade verdadeiramente comum”, disse, recordando que terminou uma “longa e dolorosa campanha política” e que as “tensões não desaparecem de um dia para o outro”.

“A campanha [eleitoral] acabou. Agora inicia-se uma grande campanha nacional para reconstruir o nosso país e restaurar a esperança para todos os norte-americanos”, reforçou.

Trump deslocou-se para a Florida, na terça-feira, para celebrar o feriado na companhia da família, no seu clube privado, situado na primeira linha da costa de Palm Beach.